A princesa que eu nunca fui

Dessa vez eu trouxe um texto queridos, não se assustem sou meio egoísta mesmo, decidir fugir um pouco da temática de post que estava fazendo, pois em breve esse texto se juntará a coletânea de posts com o marcador "um pouco de mim", que são posts relacionados a minha personalidade, meus ideais, eu e minha relação com o blog, conquistas sonhos e etc...

Em meio aos babados e rendas que eu tanto sonhei em experimentar, eis-me aqui de bermuda e chinelo, de todo aquele universo cor-de-rosa que me cerca, não faço jus a menina delicada que aparento ser... "Nem todas as garotas querem ser princesas", mas eu sim.

Por que venho somente dizer isso agora, bem... Eu nunca fui como as garotas da minha idade, modéstia a parte, sempre tive o pensamento mais evoluído, esse meu espírito de proteger os mais oprimidos, um dia uma colega minha veio me falar "Eu não tenho medo de você", eu apenas abri um sorriso de escárnio que a deixou confusa, ela era igual a mim eu sabia disso, só que melhorada, óbvio, eu não tenho um rico empresário como pai e muito menos os talentos que ela tem para esportes, estudos e cultura como ela tem.

Essa sou eu, que apesar de viver uma vida de Barbie, meus sonhos nunca acompanharão a realidade, pois de todas as roupas que eu gostava, algumas não entravam em mim e outras eram de preços exorbitantes.

Devido ao fato que eu não sei me maquiar, entendo apenas o básico de moda para me vestir, sou mais desleixada que o normal e meus desejos superfúlos nunca se realizaram, eu aprendi a gostar do que sou. Da minha personalidade destrambelhada e bipolar, dos meus dotes mesmo sendo poucos, se me perguntam se estou contente com meu eu atual? Bem... Sim, mas acredito que ele precise de reparos. E quanto a realidade? Essa poderia mudar pra melhor acredito, começado pelo meu corpo, mas eu tenho só 15 anos, até lá vou estudar bastante pra bancar a vida de princesa que eu sempre quis!

Bye!

5 comentários:

  1. Gostei muito do teu texto!! E do teu blog!
    Estou te sguindo ;)

    Beijinhos
    Saraemlondres Blog !! Facebook !! Youtube

    ResponderExcluir
  2. Me senti um pouco compreendida. Quando eu era mais nova usar as roupas como eu queria (à la lolita linda) era uma guerra. Mas depois que você cresce, conquista a liberdade de se vestir, isso muda. Apenas keep going! Sobre teu corpo, olha é sempre uma luta. Mas com certeza você será uma lolita muito linda! Beijos :3 (te conheço lá do grupo Irmandade das Blogueiras)

    ResponderExcluir
  3. Me senti um pouco compreendida. Quando eu era mais nova usar as roupas como eu queria (à la lolita linda) era uma guerra. Mas depois que você cresce, conquista a liberdade de se vestir, isso muda. Apenas keep going! Sobre teu corpo, olha é sempre uma luta. Mas com certeza você será uma lolita muito linda! Beijos :3 (te conheço lá do grupo Irmandade das Blogueiras)

    ResponderExcluir
  4. @Marcela Antonechen
    Eu smepre me comparei muito, eu via mihas colegas crescendo e eu lá... Com minha carinha de bebê, eu queria muito mesmo usar certo tipo de roupa, mas eu não tenho corpo pra isso, e acabo ficando bem mal mesmo :/
    Eu sei, eu já te vi muito por la! :3

    ResponderExcluir